Doutor em Educação, Mestre em Estudos Linguísticos e Graduado em Letras-Português pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), atua como Professor Adjunto da UFES.


Publicou em 2007 o livro O Menino e a Atiradeira pela Franco Editora, ilustrado por Walter Lara. Em 2010 publicou como co-autor, junto a Yedda de Oliveira, do livro Meu querido diário, Editora Nova Alexandria, ilustrado por Jeasir Rego e co-organizou, junto à Lenice Gomes, o livro Histórias de quem conta histórias, ilustrado por Ciça Fittipaldi, pela Cortez Editora. Em 2011 publicou A vila do mercado pela Cortez Editora, com ilustrações de Marco Antonio Godoy e O homem que escrevia ao contrário pela Editora Paulinas, com ilustrações de Fê.
Em 2012 publicou Contar histórias: a arte de brincar com as palavras pela Editora Vozes e coorganizou A arte de encantar: o contador de histórias contemporâneo e seus olhares pela Cortez Editora. Publicou em 2013 A vendedora de chicletes pela Universo da Literatura, selecionado pelo MEC para o PNBE 2014, e Plof pela Universo dos livros. Publicou ainda, em 2013, em coautoria, os livros Alfabetizar letrando com a literatura infantil; Alfabetizar letrando com a tradição oral e Alfabetizar letrando na biblioteca escolar pela Cortez Editora. Em 2014 publicou A bola do mundo é nossa, pela Mazza Edições e Amores indígenas pela Editora Elementar, com
o coautor. Publicou em 2015 O uso de textos na alfabetização, pela Editora Vozes, O segredo do Curupira pela Mazza EdiçõesA misteriosa batucada de letras da casa do meu tio pela IMEPH e O passeio dos olhos pelo Mangue, também pela IMEPH. Em 2017 publicou no livro Amores em África, Editora Paulinas. Em 2018 publicou Caleidoscópio do contador de histórias, pela IMEPH.

Em dezembro de 2010, o livro Histórias de quem conta histórias foi considerado pelo jornal O Estado de São Paulo, um dos 50 melhores lançamentos infantis do ano de 2010: Clique aqui e confira. Em 2011 foi selecionado: pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) para a 48ª Feira do Livro Infantil de Bolonha (Bologna Children’s Book Fair): Clique aqui e veja o Catálogo da Feira de Bolonha; pela Câmara Brasileira do Livro (CBL) para a Feira do Livro de Frankfurt de 2011 (2011 Frankfurt Book Fair) Clique aqui e veja o Catálogo da Feira de Frankfurt; pelo Ministério da Cultura (MEC) para o Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE-2012).

Em 2014, o livro A vendedora de chicletes foi selecionado pelo Ministério da Cultura (MEC) para o Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE-2014).

Em 2017, o livro Amores em África recebeu o Selo de Distinção Cátedra 10 da Cátedra UNESCO de Leitura-PUC-Rio

Idealizou e coordena desde 2005 o Portal Roda de Histórias, espaço na internet com fórum e notícias sobre a arte de narrar, dicas de livros e links, histórias, fotos, vídeos, artigos e eventos. Recebeu, pelo trabalho desenvolvido no Portal, o Prêmio Culturas Populares 2007, pelo Ministério da Cultura


Participou, convidado pelo Ministério da Cultura, da Oficina Brincando na Diversidade: Cultura na Infância, a qual teve por objetivo promover a reflexão sobre o tema e o conceito cultura na infância, no sentido de contribuir para a elaboração de diretrizes e ações para o Plano Nacional de Cultura nos eixos: fomento, memória e comunicação. Clique aqui para conhecer o livro do MinC decorrente dos trabalhos realizados na Oficina.


Em 2006 participou, como convidado, do documentário Histórias (média-metragem), produzido por Benita Prieto e dirigido por Paulo Siqueira, que reuniu contadores de histórias de Brasil, Gana, Camarões e Espanha, lançado no Cine Odeon, no Rio. Coordenou a apresentação e lançamento do filme no Cine Metrópolis em Vitória, na Feira Internacional do Livro de Porto Alegre e na Universidad de Los Andes, na Venezuela. Veja, abaixo, o trailer.


Em 2008 participou como convidado da série Vou te contar do Canal Futura, que valoriza a cultura oral brasileira:  Clique aqui para baixar a série 'Vou te contar'.

Participou de matérias e entrevistas relacionadas à leitura, à arte de contar histórias, ao ensino e à oralidade em canais de TVs, de rádio e em jornais impressos e on-line. Compôs mesas redondas em eventos de nível local, regional, nacional e internacional ligados à arte de contar histórias e à leitura. Realizou apresentações artísticas e ministrou oficinas de formação de narradores, dinamizadores e agentes de leitura, capacitação e aperfeiçoamento de profissionais de educação e de valorização dos narradores tradicionais orais em espaços culturais diversos.